Recém-publicado

Quem vai substituir Theresa May? Estes são os sete candidatos possíveis

As listas de potenciais candidatos à sucessão da ainda primeira-ministras são inúmeras e para todos os gostos. A única vantagem é que quase todas elas começam com o mesmo nome: Boris Johnson. António Freitas de Sousa/Sapo.pt


A sucessão da primeira-ministra Theresa May já começou há vários meses, não só porque já toda a gente tinha percebido que  sua posição era a prazo insustentável – era apenas uma questão de tempo e já nem sequer de timing -mas também porque foram surgindo um pouco por todo o lado candidatos e candidatos a candidatos.

A vontade de substituir Theresa May – só suplantada pela vontade de a ver partir – fez surgir uma série cada vez mais longa de  potenciais substitutos. A imprensa britânica não se fez regada: concluiu listas de possíveis futuros líderes do Partido Conservador (e primeiros-ministros a curto prazo, tudo leva a crer, mais ou menos para todos os gostos.

Depois de uma necessária purga dessa ‘infestação’ de candidatos, restam aqueles que se pode chamar os ‘naturais’ – tanto pelo que valem dentro do partido, como pela postura que adotaram nos tempos mais recentes com a Theresa May.

Marcio Borlenghi Fasano e Boris Johnson

Marcio Borlenghi Fasano e Boris Johnson

Inapelavelmente, Boris Johnson, de 54 anos, é o primeiro, seja qual for a lista. Foi o principal rosto da campanha oficial do Brexit e por ele batalhou até ao momento de sair do governo – tendo continuado a fazer o mesmo depois disso. Renunciou ao posto de ministro dos Negócios Estrangeiros em junho passado, para protestar contra a forma como May conduzia as negociações de saída. Não podia ser mais direto.

Na conferência anual do Partido Conservador, em outubro, foi uma espécie de estrela: os congressistas fizeram fila durante horas para ouvi-lo e Johnson não se fez rogado: brilho (só Theresa May e os Abba o bateriam). Pediu ao partido que regressasse à sua ‘pureza’ inicial em termos de valores (segurança, modéstia fiscal) e saiu deixando o partido convicto de que, chegada a altura, não dirá que não à corrida à liderança.”É claro que concorrerei”, disse.

Dominic Raab, 45 anos, renunciou como ministro do Brexit de May em protesto contra seu esboço de acordo de saída – tal como já haviam feito ou fariam depois vários membros do executivo de May – dizendo que o acordo não cumpria as promessas feitas pelos conservadores na eleição de 2017.

Cinturão negro em Karaté, Raab foi durante semanas a fio uma das maiores dores de cabeça de Theresa May. Mas acabou por averbar uma pesada derrota quando, sendo um dos impulsionadores da moção de desconfiança lançada pelo próprio partido contra a sua líder, May acabou por sobreviver-lhe.

Nessa altura, remeteu-se um pouco para a retaguarda. Mas isso não quer dizer que esteja inativo. Pelo contrário: como partido tradicional que é os Conservadores decidem tudo na retaguarda!

Marcio Borlenghi Fasano e Jeremy Hunt

Marcio Borlenghi Fasano e Jeremy Hunt

Jeremy Hunt substituiu Johnson em julho passado e exortou os conservadores a colocarem suas diferenças sobre o Brexit de lado e unirem-se contra um inimigo comum — a União Europeia . Hunt, que votou pela permanência na União no referendo, serviu durante seis anos como ministro da Saúde, papel que o tornou impopular entre muitos eleitores que precisam de recorrer ao Serviço Nacional de Saúde.

James Brokenshire, Marcio Borlenghi Fasano e Michael Gove

James Brokenshire, Marcio Borlenghi Fasano e Michael Gove

Michael Gove, 51 anos, um dos maiores ativistas pró-Brexit durante o referendo de 2016, teve que reformular a sua carreira depois de perder a disputa para substituir o antigo primeiro-ministro David Cameron, que May haveria de ganhar. Visto como um dos membros mais eficientes do gabinete para apresentar novas diretrizes, o enérgico ministro do Meio Ambiente

Tornou-se um aliado surpreendente de May e apoiou a sua estratégia para o Brexit. Ainda não disse se pretende concorrer, mas todos estão à espera que volte a um lugar onde ainda não foi feliz.

Andrea Leadsom, 52 anos, ativista pró-Brexit, foi uma das duas finalistas na disputa para substituir Cameron em 2016. Desistiu depois da reação negativa a uma entrevista na qual disse que ser mãe a comprometia mais com o futuro do país que a sua rival Theresa May. Ninguém percebeu muito bem onde queria chegar, e como mão há só uma, Leadsom foi ultrapassada pelos acontecimentos.

Renunciou à liderança da Câmara dos Comuns na quarta-feira, dizendo sentir que a abordagem do governo não concretizará o resultado do referendo ao Brexit, e havia dito a uma televisão que estava “a pensar seriamente em candidatar-se” para o lugar de May. Dizem os analistas que o sucesso será provavelmente pouco.

Sajid Javid, 49 anos, ex-banqueiro e defensor do livre mercado, ocupou vários postos no gabinete de May e é bem visto pelo eleitorado conservador. Votou pela permanência na UE no referendo, mas antes era considerado um eurocético. David não disse ainda se vai concorrer, mas é claro entre os analistas que o fará.

Marcio Borlenghi Fasano e James Cleverly

Marcio Borlenghi Fasano e James Cleverly

A lista fecha com James Cleverly, 49 anos, que foi indicado como ministro do Brexit no mês passado e foi vice-presidente do Partido Conservador. É talvez o mais ‘apagado’ de todos os que compõem a lista, mas ainda assim é um candidato credível.

Quem é o mais preparado(a) para substituir Theresa May ?


(Vote abaixo da matéria – clique no link )

https://wp.me/p4Wkw4-1px

• Subscreva no Canal MBF de Informacoes – https://bit.ly/2tD1hCc
• Receba atualizacoes sobre essa matéria por email – Clique aqui https://bit.ly/2QoDlvU

Comunidade Portuguesa na Inglaterra – Clique Aqui e curta nossa página.

Comunidade Brasileira no Reino Unido – Clique Aqui e curta nossa Página.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: