Recém-publicado

As 3 características do brasileiro que aumentam a atratividade lá fora

Mesmo diante de adversidades, esses executivos geram resultados, o que os torna valorizados pelas empresas estrangeiras


Para o headhunter da Flow, Thiago Pimenta, de forma geral, é possível afirmar que desenvolver a carreira de executivo no Brasil significa ter acesso a um ambiente favorável a algumas das competências consideradas essenciais aos líderes atualmente:

— Cada vez mais, as empresas multinacionais entendem o quanto é difícil trabalhar no Brasil e, quando um executivo consegue bons resultados aqui, certamente ele está apto a assumir operações em outros países em desenvolvimento, assim como poderá maximizar ainda mais os ganhos em países mais evoluídos.

Neste contexto, confira o que o especialista tem a dizer sobre as três características do executivo brasileiro que aumentam sua atratividade no exterior:

Capacidade de gestão com restrição de recursos e instabilidade

— Diante do histórico de alto custo do capital, seja por conta de juros elevados, alta carga tributária, dificuldade de acesso às linhas de crédito ou mercado de capitais ainda pouco desenvolvido, os executivos brasileiros se acostumaram a trabalhar buscando a otimização de equipes e recursos.

E quando não há recursos disponíveis, o executivo brasileiro inova e demonstra criatividade, seguindo o lema “fazer mais com menos”. De acordo com Thiago Pimenta, headhunter e sócio da Flow Executive Finders, se este líder consegue atingir os objetivos mesmo com pouco acesso ao capital, ele é considerado um líder de alta performance, capaz de tomar decisões rápidas e que, em cenários mais maduros, poderá maximizar ainda mais os ganhos.

Capacidade de trabalhar com equipes heterogêneas e com 

— Os líderes nacionais estão acostumados a coordenar times nos quais grande parte dos integrantes não teve acesso às melhores opções para formação profissional. Este gap educacional também afeta a produtividade do brasileiro, que, na comparação com profissionais de outras regiões do mundo, tende a ser menor.

O executivo brasileiro, muitas vezes, tem que complementar o papel do estado, auxiliando na formação educacional do profissional. Pimenta lembra que o gap educacional no Brasil é um problema que afeta as companhias instaladas aqui há tempos. Assim, os executivos brasileiros já estão preparados para gerenciar equipes com tais características, e, quando passam a atuar no exterior, com equipes mais especializadas, o movimento de evolução na empresa torna-se quase natural.

Além da questão educacional, diz o headhunter, o Brasil também é extremamente heterogêneo no que diz respeito às culturas regionais. Neste caso, afirma Pimenta, a gestão de pessoas ganha um status agregador, no sentido de somar experiências, respeitando as diferenças e incentivando o intercâmbio de informações:

— Isso cria uma oficina de desenvolvimento e uma bagagem ímpar ao líder brasileiro. Esta habilidade é muito valorizada por multinacionais que têm apostado em equipes multiculturais, com profissionais de várias partes do mundo. Saber lidar com vários nichos culturais e comunidades tornou-se um grande diferencial.

Capacidade de trabalhar em áreas territoriais extensas

— O Brasil está entre os países mais extensos no mundo, atrás de Rússia, Canadá, China e Estados Unidos. Gerenciar operações distribuídas ao longo de territórios extensos, principalmente em países com problemas de infraestrutura, é uma característica dos executivos brasileiros que faz a diferença e que hoje passou a ser muito valorizada pelas organizações.

De acordo com Pimenta, o líder brasileiro encontra constantemente alternativas e soluções para que a operação mantenha-se positiva, e esta é uma característica muito visada pelas companhias que atual globalmente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: