Recém-publicado

Bancos se preparam para deixar Reino Unido após Brexit, diz chefe de órgão bancário

LONDRES (Reuters) - Grandes bancos internacionais estão se preparando para tirar parte de suas operações da Grã-Bretanha no início de 2018 devido à incerteza sobre o relacionamento futuro do país com a União Europeia (UE), disse uma autoridade bancária sênior.


Escrevendo no jornal Observer, Anthony Browne, chefe-executivo do grupo de lobby Associação dos Banqueiros Britânicos, disse que o debate público e político está “nos levando na direção errada” e que os negócios não podem esperar até o último minuto.

“A maioria dos bancos internacionais agora tem times de projetos trabalhando para ver quais operações eles precisam mudar para garantir que possam continuar servindo os consumidores, a data​ que isso deve acontecer e qual a melhor forma de fazer isso”, disse Browne.

“Muitos bancos pequenos pretendem começar a realocar antes do Natal, bancos maiores esperam começar no primeiro semestre do ano que vem.”

Muitos dos maiores bancos do mundo têm suas sedes europeias na Grã-Bretanha, onde o setor financeiro emprega mais de duas milhões de pessoas e representa quase 12 por cento da economia.

Bancos em Londres dependem de um “passaporte” europeu para servir clientes por toda UE a partir de uma base e credores estão preocupados se esse direito irá ​acabar após o Brexit.

Browne disse que enquanto o ministro das Finanças, Philip Hammond, e o ministro do Brexit, David Davis, estavam “fazendo os barulhos certos”, ele estava preocupado com o fato ​de que alguns apoiadores de alto escalão do Brexit acreditavam que os bancos não precisavam de passaporte e podiam depender ​da chamada equivalência, sobre a qual a UE pode permitir o acesso a seus mercados para países cujas regulações são semelhantes às do bloco.

“O regime de equivalência da UE é uma sombra pobre de passaporte, ele cobre apenas uma limitada gama de serviços, pode ser retirado sem nenhum aviso e provavelmente significará que o Reino Unido terá que aceitar regras sobre as quais não tem nenhuma influência”, disse ele.

Amigos do Comendador Marcio Borlenghi Fasano
Curta nossa página no Facebook
Confira nosso Canal no Youtube
Receba atualizacoes sobre esta e novas matérias
Siga-nos no Twitter
Siga-nos no Instagram
 Sugira nossas matérias através do emai info@fasano.co.uk
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: