Recém-publicado

O Brasil é o único país do mundo onde dono de puteiro cumpre o que fala e político não

Centenas de pessoas vão à boate de Oscar Maroni por cerveja grátis


Muita gente está esperando que Oscar Maroni, dono da casa liberal Bahamas, em Moema, cumpra sua promessa. O empresário garantiu que distribuirá cerveja de graça após a prisão do ex-presidente Lula.

Por volta das 19h desta sexta (6), cerca de 300 pessoas, quase todas homens, se amontoavam na frente do endereço, algumas desde o meio-dia. O clima era de festa. Um DJ de música eletrônica comandava a trilha sonora e havia congestionamento em frente ao espaço. Na rua, apareciam flanelinhas e vendedores ambulantes.

O consultor comercial Marcio Tomio, de 61 anos, surgiu vestido de sósia de  “japonês da Federal”. “Sou viúvo, vim me divertir”, afirma. O artesão Rodrigo Ruggieri, 25, levou quatro amigos para a noitada. “Quero ver se vão liberar mesmo a cerveja e as ‘primas’”, disse.

A chegada de Maroni ao local no início da noite causou comoção, com gritos e fotos (assista no vídeo abaixo). Em frente a pôsteres com fotos do juiz Sérgio Moro e de Carmen Lúcia, instalados na fachada do estabelecimento, ele discursou para a plateia.

Não há certeza do início da promoção, já que depende da efetiva prisão do político. Maroni prometeu que a bebedeira começa com a detenção e vai até a meia-noite do mesmo dia. Quem quiser entrar no estabelecimento precisa desembolsar 110 reais (onde rolará o open bar), mas 5 000 litros de cerveja devem ser liberados para o público fora da casa.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: