Recém-publicado

NO ESCURO (As Forças Armadas e o povo)


Por Enio Mainardi – https://www.areuniao.com

As Forças Armadas brasileiras vivem envolvidas numa cerração. Parece que elas operam como nos tempos da 2a. Guerra Mundial, quando atrás de cada porta podia estar escondido um espião do Eixo, um 5a. coluna. Pssst…calado! A espionagem fazia a diferença entre a vitória e a derrota naquele confronto militar.


Ferviam os boatos, o deslocamento de uma simples belonave provocava ordens, contra-ordens, um furor. Tem um filme chamado O Jogo da Imitação que conta sobre a invenção da máquina de decifração de códigos chamada Enigma. Incrustada dentro de um tremendo esquema de segurança, em Londres, essa máquina praticamente garantiu a vitória dos Aliados em cima da Alemanha, Japão e Itália. Através dela, as ordens militares do inimigo davam ao comando aliado a possibilidade de contra-atacar, aumentando as chances de sucesso.

Compreende-se, pois, a necessidade de segredo por parte da atividade das Forças Armadas. De outro lado, o povo que é defendido pelos militares precisa dar apoio total e irrestrito ao seu Exército, Marinha e Aeronautica. Mesmo que se desconheça o todo, em minúcia, das estratégias militares. É assim nas Democracias. Aqui não. As Forças não se comunicam com o povo.

Elas estão ou não apoiando, em parte ou totalmente, o regime que está estrangulando o Brasil? Vagas sentenças ditas por comandantes militares reasseguram a defesa do regime constitucional. Qual regime, até que limite?


Esse limite já foi borrado faz tempo, com a aceitação do Aldo Rabelo, um comunista assumido, como Ministro da Defesa. E o financiamento de Cuba, Venezuela? E os acordos militares obscuros com a China, a Rússia? Que aconteceu com nosso projeto nuclear? O almirante que o presidia, pelo que entendi, foi preso, por corrupção. E o assunto parou por ai?


Dizem que o Exército não tem munição nem para 3 dias, no caso de precisar entrar em ação. Que os tanques são velhos. Até nossos fuzís FAL estão superados. Foi noticiado que foi instalada uma fábrica de AK-47 na Venezuela. E aqui?


A CBC é nossa única fonte de munição? Vai continuar assim? A última notícia foi que o Planalto reduziu ainda mais o orçamento militar, em quase 1/3. Somos ameaçados por governos vizinhos alimentados pelo tráfico de droga, na cara dura.


Perdemos o petróleo, explodiram a Petrobrás, nossa autonomia em combustível foi para o vinagre. O MST se diz “o exército de lula” – pago por nós, clandestinamente. E contra nós, impunemente. Acusa-se o governo de corrupção no caso dos caças suecos – e a FAB?

A história dos submarinos franceses está fedendo – e a gloriosa Marinha? Bem, as perguntas não se encerram aí, são muitas. Indagações, inquietações não faltam. Falta é que nossas Armadas nos digam a quem servem

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: